Sou de Ramos, também sou bamba… Sou Cacique de Ramos

E, em tempos Olímpicos, o Cacique de Ramos recebeu a visita Ilustre do ex-treinador da Seleção Brasileira, Sebastião Lazaroni, que, depois de muitos anos, voltou e encantou-se com o que viu.

“Para mim, é um dia muito especial por estar revendo essa família do Samba, o Cacique de Ramos e integrantes do Grupo Fundo de Quintal. Estar desfrutando da família caciqueana é especialíssimo para mim”, disse o ex-técnico de futebol Lazaroni.

Quem também abrilhantou a noite foi o cantor e compositor Elymar Santos, que fez a apresentação de uma composição inédita com o título “Sou de Ramos, também sou bamba” de sua autoria com Marquinho Lessa e Tuninho Professor. A música, em homenagem ao Cacique de Ramos, será gravada pelo artista em uma casa de show no Centro do Rio com a participação do Grupo Fundo de Quintal  no dia 11 de outubro. Elymar também cantou sucessos da Música Popular Brasileira para o delírio dos sambistas.

A noite estava quente e o palco do Cacique pegando fogo. Para manter a brasa, o Grupo Quinteto Cacique convidou para “aquela palhinha” os cantores Marcelo Negrão e Markinho Eddie Murphy que emprestaram as vozes ao Templo Sagrado da Tamarineira.

O Cacique Maior, Bira Presidente, a Diretoria de Ouro e a Corte Caciqueana pediram licença às pratas da casa para fazer uma homenagem em azul e branco:

“Eu tenho um casal de filhos que respeita o Samba e as suas escolas de samba. Meus filhos contribuem de uma maneira muito simbólica e fazem parte de entidades que são a glória do Carnaval do Rio de Janeiro, a Beija-Flor e a Portela …Falcon, presidente da azul e branco de Madureira e Selminha Sorriso, a maior porta-bandeira do Rio de Janeiro e do Brasil!, peço que vocês, que frequentam o Cacique de Ramos, me ajudem neste momento patriótico da política popular brasileira”, ressaltou o Cacique Maior Bira Presidente.

Muito emocionado, o líder Portelense saudou o público:

“Boa noite a toda a família caciqueana e, em nome da família portelense, agradeço ao Grupo Fundo de Quintal esse carinho e respeito que dão a essa gente que ama o Samba e a Música Popular Brasileira. Quero agradecer ao Bira Presidente porque no momento em que mais precisei em um dos piores momentos da minha vida, ele foi amigo, um anjo que Deus colocou na minha vida. Minha eterna gratidão a você, Pai Bira!”, ressaltou Marcos Falcon, presidente da Portela.

A porta-bandeira mais querida do Brasil chorou e se emocionou ao receber o tributo “Seja Sambista Também”:

“Boa noite, Cacique de Ramos! Boa noite para as caravanas de outros estados que aqui estão presentes. É muito bom estar aqui e receber esta homenagem. Obrigada, Pai Bira.”, afirmou Selminha Sorriso.

No final do seu agradecimento, Selminha presenteou o público com a sua tantas vezes premiada performance e elegância de porta-bandeira e passista. convidando para o miudinho o Cacique Maior que, prontamente, aveitou.

Fundo de Quintal recebe Reinaldo e Dudu Nobre

No dia 14 de setembro, depois do sucesso de Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Jorge Aragão, Arlindo Cruz, Leci Brandão, Xande de Pilares e Alcione, o Cacique de Ramos e o Grupo Fundo de Quintal recebem Reinaldo – O príncipe do Pagode e a prata da casa Dudu Nobre – na sexta edição da quarta-feira nobre. Este evento tem a essência de resgatar às velhas e saudosas rodas de samba da Tribo do Samba.
Não deixe para a última hora. Garanta já o seu ingresso nas lojas South, Banco de Areia, Maha Man, Casa do Atleta e 021 Turismo, pelo site: www.ingressomais.com.br e na quadra do Cacique, entre às 14h e às 19h, na Rua Uranos, nº. 1326, em Olaria.
Vale lembrar que os produtos oficiais do Cacique de Ramos e do Grupo Fundo de Quintal estão à venda no stand na entrada da quadra do Bloco. Lá você encontra camisas, copos, DVDs dos 40 anos do Grupo Fundo de Quintal, e em breve poderá escolher a fantasia que vai desfilar no Carnaval 2017.

Veja mais fotos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CAPTCHA