Não foram só três dias de desfiles na Av. Graça Aranha! …FOI MUITO MAIS

Foi difícil manter segredo sobre o tema escolhido, pois Bira Presidente não autorizaria uma auto homenagem, razão pela qual somente lhe foi revelada a íntegra do tema nos derradeiros momentos, sendo ainda necessário muito convencimento para a realização da justíssima homenagem ao homem que devotou 55 anos de sua vida à instituição que revelou, e ainda revela, os grandes nomes do samba brasileiro e que é reconhecida em todo o mundo. Mas não  homenagens e segredos não se restringiram ao tema escolhido para o bloco, mas ao desfile de terça feira, que foi precedido de brindes em honra do Cacique Maior e no qual estavam presentes os integrantes da diretoria, diretores de alas, amigos de longa data e personalidades presentes no desfile de terça-feira.
Após os brindes, o Cacique Maior afirmou em tom bastante emocionado: “são 55 anos de luta para fazer do Cacique o que ele é hoje, mas quero muito mais!”
Nas ruas do Centro do Rio, mesmo diante da não inclusão dos desfiles da Av. Graça Aranha no roteiro dos blocos que fora divulgado através dos veículos de mídia, estavam presentes índios de todo o mundo, unidos com o objetivo de saudar a alegria, a irreverência, a união e o samba! Muitos desses foliões participaram dos desfiles nas Alas Cura Ressaca e Sou Cacique, enquanto milhares de outros aplaudiam a passagem do bloco referência pela resistência e proeminência no cenário cultural mundial, dançando e cantando em pleno pulmões os hinos históricos do bloco.

As alas do Cacique de Ramos merecem especial saudação pela beleza e descontração com que brincaram o carnaval. Foliões autênticos e que, vestidos de índio, traduzem toda a alegria do Cacique de Ramos, inclusive com as tradicionais fogueiras ao redor da qual dançam e cantam as músicas consagradas do bloco.

A inovação nos desfiles de 2016 foi o retorno da Ala com fantasias todas em penas, remetendo aos antigos desfiles do Cacique de Ramos.

Após os 3 dias de desfile todos integrantes do Cacique de Ramos podem afirmar que a missão foi cumprida! Mas ainda não acabou, pois Bira Presidente, também homenageado pelo Salgueiro, volta no Desfile das Campeãs, enquanto as Alas irão contagiar com sua beleza, energia e alegria, ainda blocos de carnaval no sábado e domingo.
O fim do carnaval, portanto, não é um adeus, mas um até logo, pois o Cacique de Ramos continuará cumprindo sua missão de defesa e valorização da cultura através do samba, retomando as atividades de sua quadra no dia 21.02.16, às 13 horas, com a já tradicional feijoada.

Esperamos todos lá!

 

Outras homenagens ao CR e ao BP

Na Intendente Magalhães, Arrastão de Cascadura com enredo “TODO DIA É DIADE CACIQUE DE RAMOS”.

Também na Intendente Magalhães e em Duque de Caxias, o bloco Unidos daLaureano desfilou com o tema “BIRA PRESIDENTE, O CACIQUE MAIOR DA TRIBO DO SAMBA”.

Em Copacabana, a Banda do Lido desfilou homenageando o CACIQUE DE RAMOS.

Em São Paulo, a Peruche comemorou os 100 anos do samba e homenageou o CACIQUE DE RAMOS.

12662595 987006938037126 5275030479428850671 n

Participação do CR e do BP na mídia pré-carnavalesca

Na Rádio GLOBO

Programa Toda Noite, com Zeca Marques.

Programa Sucessos da Globo, com Guilherme Grilo.

Programa Samba de Primeira, com Jorge Perlingeiro

Programa Comando Geral do Carnaval, com Renan Moura.

Na Rádio Roquete Pinto.

Nas TVs

TV NGT.

TV Globonews.

TV Câmara.

TV Futura https://youtu.be/YYFhiLlOhpc

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CAPTCHA