Festa em Ramos

O final de semana pelas bandas da Rua Uranos, nº. 1326 foi de muita festa e agitação. E com muitos motivos para comemorar os históricos 58 anos de existência, resistência e tradição do Bloco mais amado do Brasil.

Os festejos começaram com as bençãos do padroeiro, São Sebastião, no sábado, dia 19. Esse ano,encerrando o 13º dia da trezena, O Cacique de Ramos, recebeu imagem missionária de São Sebastião e o arcebispo metropolitano, o cardeal Orani João Tempesta junto com sua comitiva, trazendo a mensagem de motivação lançada pelo lema da festa – “São Sebastião, Vocacionado pelo Amor” – tema da arquidiocese neste ano para o Bloco. Esse é o nono ano que a entidade entra para o calendário da Arquidioscese. 

Era um domingo convidativo para praia, mas o sol brilhou mesmo com toda sua intensidade em Ramos, afinal o queridinho da Zona Norte, completava mais um ano de vida. Mais de onze caravanas desembarcaram na sede do bloco, turistas de vários lugares do país prestigiam o aniversário do Cacique com a alegria carioca neste pré-carnaval 2019.

Nessa edição especialissima de janeiro, o Bloco mais charmoso da Zona Norte trouxe para essa edição ilustres convidados, além do também aniversariante do dia e Fruto da Tamarineira, o Grupo Fundo de Quintal.Abrindo a programação, às 13 horas, com muito Samba de Raiz, o Grupo Voz Ativa agitou a festa até às 17 horas, dando passagem para o Grupo Quinteto Cacique que seguiu no comando com um repertório recheado de samba.

Outro ponto alto do evento foi o lançamento do livro “O Patuá Tamarindo”, um romance literário inspirado na vida de Bira Presidente de autoria do jornalista Paulo Guimarães. O sambista é o personagem principal da trama narrada pela mágica Tamarineira que habita a quadra do Cacique de Ramos. O projeto que é da editora independente Primo Selo inaugurou à venda exclusiva na boutique do Bloco, nesse domingo, que se prorrogará por todo o período pré-carnavalesco.

Foi uma digna e linda festa, o Samba agradece. E quem agradece também é o anfitrião, Bira Presidente, que recebeu grandes amigos.

Chegando com seu bom humor caracterizado com um cocar, o promoter, repórter, ator e humorista brasileiro, figura constante nos mais diversos eventos sociais tanto no Rio de Janeiro como em São Paulo, Amin Khader, parou o Cacique de Ramos com sua performace irreverente. O apresentador foi convidado por Bira Presidente, que fez a cobertura do evento para o programa Balanço Geral, da Rede Record de Televisão, mas a grata surpresa foi feita sem que ele sequer imaginasse: uma Homenagem por sua atuação peculiar e dedicada a divulgação da arte.

Não podemos deixar de registrar o agradecimento especial a equipe da GloboNews, ao talentoso repórter Pedro Neville, que conduziu com maestria, toda cobertura e a matéria do nosso Bloco.

Agradecimento especial a todos os amigos do Samba, Carlos Caetano, Marcelinho Moreira, Fred Camacho, Gabrielzinho de Irajá, André da Mata, Inácio Rios, Chacal do Sax, Vitor Souza, Serginho Madureira, Lucas de Morais, Claudemir Rastafári, João Martins, a nossa “negona” do Axé Margarete Mendes e ao meu amado Grupo Fundo de Quintal que completou nesse dia, 43 anos, de história e deu ao público um grande presente o verdadeiro e autêntico Samba de Raiz.

Não poderia esquecer as caravanas de todo o Brasil que percorreram kilometros de estrada para fazer parte desse momento histórico da vida do Cacique de Ramos, vocês são parte dessa Terra. Muito Obrigado!

Prestes acompletar 82 anos, o Cacique Maior, Bira Presidente, recebeu para sessão de fotos e autografos, uma legião de fãs apaixonados. No encerramento do evento, a Bateria Tamarindo de Ouro e demais segmentos do Bloco se apresentaram fechando com chave de ouro à noite pré-carnavalesca.

Obrigado do Fundo do nosso Quintal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CAPTCHA