Dia Nacional do Samba Cacique de Ramos

Símbolo da identidade nacional brasileira, a expressão musical Samba, a dança do Samba e Cultura do Samba leva alegria para milhões de corações que enternecidos diante das poesias renderam-se a magia dos acordes dos bandolins e violões.
Dos terreiros à avenida brilha no céu da fantasia a estrela que guia também as agremiações que reluzente se faz presente em pandeiros e tantãs.
Neste dia como nos outros 364 dias do ano, o Cacique de Ramos se envaidece de ser uma Casa de Samba. De lutas e vitórias de carnavais e histórias que se assemelham aos coirmãos, Bafo da Onça, Boemios de Irajá, Cordão da Bola Preta e outros mais.
Bira Presidente relembra um pouco da trajetória do carnaval de Rua com Pedro Ernesto Marinho, presidente do Cordão da Bola Preta em recente visita ao Cacique de Ramos:
Bola Preta e Bafo da Onça são meus dignos amigos que realmente fazem o sucesso desse carnaval autentico o carnaval do Rio de Janeiro.  No conteúdo nós somos unidos e seremos unidos eternamente, por que modéstia a parte nós somos o símbolo do carnaval do Rio de Janeiro. Meu irmão quantas dificuldades, quantas superações, eu como mais velho e você como seguidor desse trabalho todo, como referencia no carnaval do Rio de Janeiro. Quantos dissabores, quantos transtornos nós tivemos, mas hoje em dia o reconhecimento é enorme.
Pedro Ernesto Marinho, presidente do gigante Cordão da Bola Preta, ressalta a grandeza do samba e do carnaval de Rua e a trajetória de Bira Presidente no encontro casual que marcou as comemorações deste dia dedicado ao Samba.  
É uma honra para o Cordão da Bola Preta ter parceiros do nível do Cacique de Ramos e o Bafo da Onça porque nós somos o verdadeiro carnaval. Nós somos tradicionais. Por que não fossemos nós, naqueles anos que o carnaval estava praticamente liquidado, dito inclusive pelos especialistas,  talvez eu não sei se o carnaval estaria ai do jeito que está. Então a você meu irmão, que é um resistente, que é um lutador com seu Cacique de Ramos, meus parabéns!

O Samba venceu e o Cacique de Ramos faz parte dessa vitória.
Viva o Samba!
Salve o Samba!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CAPTCHA