Cacique de Ramos recebeu Rafael Bernini e Diogão Pereira

O Cacique de Ramos realizou, no último domingo do mês de maio, mais uma de sua tradicional roda de samba com as bênçãos da Tamarineira Sagrada.

Os frutos da casa, o Grupo Quinteto Cacique, presenteou o público com um repertório vasto, com o que há de melhor no gênero samba fortalecendo cada vez mais as ligações com a nossa Raiz.

 Reunindo os apaixonados por Samba, o Cacique conta sempre com a participação de sambistas de diversas gerações. A “canja”, desse domingo, ficou por conta dos cantores Vitor Souza e Mole Mole.

O Líder da Tribo do Samba, Bira Presidente, subiu ao palco para agradecer aos ilustres frequentadores, os 57 anos de convivência que tem como base Deus e a sustentação por todos que passaram pela Tamarineira Sagrada.

Os convidados dessa edição Rafael Bernini e Diogão Pereira abrilhantaram ainda mais a noite no Doce Refúgio.

De família de grandes compositores, o caminho não poderia ser diferente, Rafael Bernini é compositor e cantor com DNA de puro Samba na veia. De grande competência musical, o cantor deixou sua marca no palco do Cacique. Quem também deixou seu DNA na Roda de Samba, foi Diogão Pereira, neto de Noca da Portela, esbanjou seu talento com seus mais de 2 metros de altura, provando que é Bamba de Berço.

Veja mais fotos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CAPTCHA