Cacique de Ramos inicia as comemorações do Dia da Consciência Negra

Dando início as comemorações do Dia da Consciência Negra, Margarete Mendes encantou com sua voz forte e marcante, neste domingo (30), na roda de samba do Cacique de Ramos. A cantora que teve como referências: Jovelina Perola Negra, Clementina de Jesus e D. Ivone Lara. Contagiou com seu samba e simpatia contribuindo para o sucesso do evento, cantando clássicos do samba de raiz e saudando a ancestralidade.

Quem também esteve na roda de samba para conferir o samba autentico do grupo Quinteto Cacique e Renatinho Partideiro, foram os ilustres Jorge Chapéu de Couro, Sidney Calixto e Geraldo Silva da Riotur, além de Marcelo Guimarães, cantor, compositor e um dos intérpretes do G.R.E.S. Beija-flor de Nilópolis.

Marcelo que iniciou sua carreira artística em 1987, vencendo o concurso de sambas do Cacique de Ramos em parceria com os renomados Roberto Serrão e Noca da Portela, foi convidado por Bira Presidente no mesmo ano para ser o interprete na av. Rio Branco, por onde tradicionalmente desfila o bloco. Campeão de sambas na Beija Flor de Nilópolis, em 1988 e 2009, com os sambas enredo: Sou Negro do Egito à Liberdade e No Chuveiro da Alegria, Quem Banha o Corpo Lava a Alma na Folia, o cantor e compositor está finalizando seu mais novo álbum, que deverá ser lançado nos próximos dias com produção de Neném Chama e promete surpreender seu público.

A comemoração do Dia da Consciência Negra no Cacique de Ramos terá seu ápice na próxima feijoada do bloco, que acontecerá no terceiro Domingo de Novembro, com uma grande festa em homenagem a Zumbi dos Palmares.

A quadra do Cacique de Ramos fica na Rua Uranos, 1326, Olaria, mais informações www.caciquederamos.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CAPTCHA