Cacique de Ramos homenageia Estácio de Sá

Após um mais um Carnaval marcante na história do Cacique de Ramos, retornamos com a nossa programação no último domingo, 17/03, de forma magistral. E motivos não faltam para comemorar. O Nosso Carnaval foi estonteante e repleto de sucesso. &nbsp;</p> <p style=”text-align: justify;”>Celebramos o retorno das nossas Rodas de Samba, com a tradicional Feijoada Caciqueana, realizada todo terceiro domingo de cada mês.&nbsp; E com ela, várias atrações. Com os portões abertos a partir das 13 horas, o público chegava ao som do Grupo Voz Ativa que recordavam sambas de várias gerações.

Para abrilhantar a festa muita festa com o Grupo de São Paulo, Comunidade do Samba, Chacal do Sax e a campeã da Série A do Carnaval Carioca, a Estácio de Sá.

Assumindo a Roda, às 17 horas, o Grupo Comunidade do Samba carregando a bandeira do gênero sacudiu o público do Cacique de Ramos. São grandes sambistas que atravessaram estradas para mostrar um pouco do batuque de Sampa. Como forma de homenagem, pelos serviços prestados à Música Popular Brasileira, o Grupo, recebeu o Diploma Seja Sambista Também das mãos de Bira Presidente.

Após um set musical comandado pelo Grupo de São Paulo, o Grupo Quinteto Cacique deu sequência musical para receber o filho da Tamarineira, Chacal do Sax, que com seu jeito único de ser emocionou a todos com o seu som e destreza musical.

E a homenageada da noite? Que lindo Estácio de Sá! Nossos sinceros respeitos por essa digna agremiação merecedora do campeonato e o retorno da Elite do Carnaval Carioca, o Grupo Especial. Ficamos honrados de recebê-los. Nosso obrigado a cada segmento, vocês são realmente especiais e não devem sair do topo. Sabemos que o Carnaval é como o Cacique de Ramos, é resistência, e vocês são nobres por brigar, chorar e se doar por essa bandeira. Nossa casa foi invadida pelo Leão Estaciano, pelo rubro do seu pavilhão e entrou para o nossa história. Vocês fazem parte da família Cacique de Ramos!

Obrigado, Estácio de Sá! Quando a saudade apertar, é só voltar!

Abrindo a programação, com muito Samba de Raiz, o Grupo Voz Ativa agitou a festa até às 17 horas, dando passagem para o primeiro convidado, o Grupo Mistura Rica. Genuinamente Macaenses, nascidos e criados em Macaé, os músicos do Mistura Rica cresceram dentro da musicalidade. Dessa forma, o samba sempre correu nas veias dos integrantes do Mistura Rica, que começaram a se apresentar em festas e eventos, abrindo shows e passando então a serem admirados e respeitados.

Dando prosseguimento à festa, os frutos da casa, o Grupo Quinteto Cacique, assumiu a Roda recebendo Anderson Bombom e Pirulito da Vila.

Anderson Bombom esteve à frente dos vocais do grupo Balacobaco por dez anos, anunciou sua saída do grupo para seguir carreira solo e já está gravando seu primeiro álbum solo com o produtor Peu Cavalcante em São Paulo.

Diretamente de Itabirito (MG), o convidado de Bira Presidente, Gilmar Steferson, conhecido como Pirulito da Vila, apresentou para o Cacique de Ramos, o samba mineiro, trazendo, na bagagem, a inspiração de grandes mestres do passado, como Noel Rosa, Candeias e Cartola, misturando com a arte realizada nas montanhas mineiras, com suas características barrocas e universais.

Todos os convidados dessa edição foram condecorados com o Diploma Seja Sambista Também, uma forma de reconhecimento aos serviços prestados a Música Popular Brasileira.

Ao som da Bateria Furiosa, baianas, Velha-Guarda, casal de mestre-sala e porta-bandeira, passistas, a homenageada dessa edição, a Acadêmicos do Salgueiro, encantou o público, que embalados pelos intérpretes, fizeram um show eletrizante. Um grande admirador da vermelha e branca da Tijuca, Bira Presidente, em reconhecimento as grandes personalidades concedeu a honraria de mérito ao vice-presidente, Joaquim Cruz, ao presidente André Vaz e a Academia do Samba, pela grande contribuição a Cultura popular.

No palco do Cacique de Ramos, o Salgueiro, provou que é… Nem melhor, nem pior, apenas uma escola diferente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CAPTCHA