Cacique de Ramos encerra mês de Novembro em alto estilo

O Cacique de Ramos fechou com chave de ouro a Roda de Samba do mês de novembro (26), com a participação de Lucas de Moraes.

Abrindo a programação da casa, o Grupo Quinteto Cacique sacudiu a massa de Sambistas que fielmente não abre mão daquela domingueira no Doce Refúgio.

 O convidado especial é carioca, nascido em Botafogo, é um dos mais novos talentos do samba brasileiro. Com a voz marcante e um grande carisma, Lucas de Moraes vem ganhando cada vez mais fãs por onde passa.

O jovem sambista já realizou várias apresentações pelo Bairro Boêmio da Lapa conquistando um espaço considerável no cenário do samba carioca. Além disso, apresentou-se em cidades como Cuiabá, São Paulo, Além Paraíba, Macaé, entre outras.

Tendo como especialidade o autêntico Samba brasileiro, Lucas já realizou alguns em menção a grandes sambistas e compositores como Noel Rosa e Nelson Cavaquinho, além de Vinicius Moraes e Dorival Caymmi. Seu primeiro disco, AMOR AO SAMBA, reúne canções autorais, de compositores renomados do meio e da nova geração.

Lucas de Moraes fez um set musical com grande competência cantando o melhor do Samba de Raiz, o que rendeu a ele grandes elogios do Cacique Maior, Bira Presidente. Em sua apresentação o cantor contou com a presença Real da Corte do Carnaval Carioca 2018 – representados pelo Rei Momo, Milton Rodrigues, pela Rainha do Carnaval, Jéssica Maia e as duas princesas Deisiane Conceição (1ª princesa) e Cintia de Oliveira (2ª segunda princesa).

Para não perder a tradição, os sambistas, que marcam presença na Tribo do Samba são convidados para dar aquela canja, como diz o ditado, soldado no quartel quer trabalho. Nesse domingo pra lá de especial, os intérpretes Bacaninha da Beija-Flor de Nilópolis, Hudson Luiz do Acadêmicos do Salgueiro e Anderson Paz da Inocentes de Belford Roxo deram aquela palinha rumo a folia de 2018, além de entoarem sambas de raiz para o deleite do público presente.

E com alegria que mais um mês de fecha no Cacique de Ramos, com a certeza de que a missão e as obrigações deixadas estão sendo fielmente cumpridas. O dever de levar a cultura por meio do gênero Samba permanece firme em nosso propósito.

Veja mais fotos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CAPTCHA