Bira Presidente ganha homenagem que o eterniza na sede do Cacique de Ramos

Diretoria de Ouro 

Fotos Marcio Lopes e Michele Beff

 

Há 53 anos  Ubirajara Félix do Nascimento está à frente do Cacique de Ramos,  fundador e único presidente da instituição, o Cacique Maior  da Tribo do Samba  foi presenteado na noite desta segunda-feira, 13 de Outubro de 2014, com  uma justa homenagem organizada secretamente  por sua Diretoria de Ouro: Um busto de bronze estrategicamente instalado na entrada do Cacique de Ramos e posto à sombra da Tamarineira. A  bela e imponente escultura eterniza a imagem  de Bira Presidente na sede do Doce Refúgio . 

A homenagem, que reuniu cerca de 200 pessoas em uma noite gloriosa e de muitas emoções, contou também com a benção de Padre Omar Raposo na inauguração do monumento que abriga a imagem de São Sebastião doada por Sua Eminência o Cardeal D.Orani João Tempesta, em janeiro deste ano, na ocasião da Trezena dedicada ao   padroeiro,  da Cidade do Rio de Janeiro e do Cacique de Ramos. 

Diante de familiares, amigos e personalidades que prestigiaram a festa surpresa, Bira Presidente se emocionou e agradeceu o carinho e empenho de sua Diretoria de Ouro. Além das Alas Reunidas, Musas, Princesas e Rainhas do bloco,  valorosos companheiros no trabalho junto à entidade que se tornou Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro. Desenvolvendo projetos de resgate e preservação da história do bloco cinquentenário, a Diretoria de Ouro ainda comemora a recente criação do Centro de Memória Domingos Félix do Nascimento, que reúne grande acervo de fotos históricas e informações preciosas da tribo de sambistas. 

Entre as personalidades que foram conferir o evento estiveram presentes dirigentes de diversas agremiações carnavalescas, autoridades e artistas, como o  cantor Elymar Santos, o sambista completo Almir Guineto,   Álvaro Caetano, o Alvinho da Mangueira, Serginho Procópio,  presidente da Portela, Francisco Manoel de Carvalho, o Chiquinho da Mangueira,  presidente da Verde e Rosa, Cláudio Barros e  Marcelo Montero,  Diretores do Acadêmicos do Salgueiro, a vice-presidente do Museu da Imagem e do Som, Rachel Valença, Eduardo Maruche, cineasta que está  produzindo o filme sobre e vida e obra de  Bira Presidente, intitulado O Patuá  Tamarindo, a delegada e deputada estadual, Marta Rocha, Mestre Odilon Costa,   Luciana  Silva, presidente da tradicional escola de samba de São Paulo,  Tom Maior e Valter Tesourinha, também fundador do Cacique de Ramos.

Vejam mais fotos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CAPTCHA