A batucada que vem da Terra da Tamarineira

Quem chega, sente…

a mente absorve…

o corpo responde…

a todas as melodias cantadas pelo Grupo Quinteto Cacique, que com o toque divinal faz a levada do ritmo para o público.

Para aquela “canja” especial o palco do Doce Refúgio recebeu os cantores: Thaís Macedo, Bira da Vila, Vagner Gordo, Luiz Caffé, Caixa D água da Portela e Gersinho do Grupo Razão Brasileira.

O Cacique Maior, Bira Presidente, subiu ao palco para agradecer o carinho e por todos os momentos vividos em seus 80 anos de vida. Ele fez questão de ressaltar que não teria conseguido sozinho construir e manter o legado deixado por sua mãe, e dedica todas as conquistas a Deus e ao público. Sempre com sorriso no rosto, após seu discurso, fez questão de receber os fãs e admiradores para a sessão de fotos.

Um dos momentos mais emocionantes foi o reencontro de Bira Presidente com o campeão Mundial da Copa do Mundo de 1970, o lateral Marco Antônio, amigo de longas datas, por quem Bira tem uma grande estima e carinho.

Agradecemos também nesta resenha a presença dos Paulistas da Escola de Samba Vai-Vai, de Paulo Neves, benemérito da Mocidade Independente de Padre Miguel, que escolheu a Tribo do Samba para comemorar a chegada de mais um aniversário, além de todos que estiveram presentes na casa de todos, onde o Samba faz morada.

Veja mais fotos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CAPTCHA