100 anos da Igreja Matriz São Geraldo de Olaria condecora Bira Presidente e o Cacique de Ramos com Medalha Comemorativa.

De suma importância para a Família Caciqueana e para a Zona da Leopoldina a abençoada parceria entre a instituição cultural e carnavalesca com a Igreja Matriz São Geraldo de Olaria remonta à fundação do bloco. Comunhão e respeito nestes 54 anos de existência e resistência culturais revividos a cada 20 de janeiro, quando as bênçãos cristãs são renovadas no Doce Refúgio.

Conhecido pelo zelo a imagem do padroeiro São Sebastião junto à instituição Cacique de Ramos, e seguindo as bases católicas que permeiam a trajetória do bloco, Bira Presidente e seus dirigentes  participaram da celebração a convite do amigo e pároco da Igreja de São Geraldo, Padre Júlio Cesar Costa. Nesta ocasião especial, a Tribo do Samba foi agraciada com a Medalha Comemorativa pelos 100 anos Igreja Matriz São Geraldo de Olaria, o que deixou agradecida e honrada a Família Caciqueana.

_Em face de tamanha honraria e da preservação de nossos alicerces religiosos reafirmados a cada 20 de janeiro, com missa dedicada a São Sebastião pelos aniversários do bloco e também do Grupo Fundo de Quintal, celebrada em parceria com a Igreja de São Geraldo. Agradeço ao amigo Padre Júlio Cesar Costa por  mais está benção na minha vida e na história do Cacique de Ramos. Declarou Bira Presidente

Vale lembrar: O  Cacique de Ramos fundado em 20 de janeiro de 1961 tem como padroeiro São Sebastião que também é padroeiro da Cidade do Rio de Janeiro. Há quatro anos o Cacique de Ramos foi inserido no roteiro da Trezena de São Sebastião liderada pelo cardeal Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, que sai em comitiva levando a benção da imagem peregrina a diversos pontos da Cidade Maravilhosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CAPTCHA