Primeiro domingo do ano no Cacique de Ramos foi celebrado em ritmo de carnaval.

Inspirados pelas inúmeras homenagens que Bira Presidente receberá nos desfiles que acontecerão em fevereiro próximo, quando diversas agremiações da Intendente Magalhães à Marquês de  Sapucaí prestarão reverencias ao líder da Tribo de Bambas, o grupo Quinteto Cacique escolheu com esmero o conjunto de obras que foram interpretadas para celebrar as conquistas do Cacique Maior.
A  comemoração coletiva no Templo Sagrado do Samba contou também com uma  apresentação surpresa de Moisés Santiago, sambista com brevê caciqueano, que encantou o publico com seus sambas consagrados. Acompanhado por seus parceiros compositores gresilenses, Moisés que agrega a parceria que se sagrou campeã na disputa de samba enredo da Imperatriz Leopoldinense,  exaltou a “Rainha de Ramos” cantando o samba que a agremiação verde e branco levará para o Sambódromo Carioca, em 2016.
O evento organizado pela Diretoria de Ouro do bloco foi memorável. Ao som do pandeiro, do cavaco e do tantã, Ribeirinho e Carlos Caetano também mostraram  que são frutos das  Tamarineiras. Os acordes do bom violão dedilhado para  acompanhar  estes dignos representantes do Samba de Raiz, inebriou  os sambistas, artistas e foliões que  foram embalados no compasso do Cacique de Ramos.
O ano começou e a Família Caciqueana conta os dias para a chegada de mais uma grande festa, afinal, janeiro é o mês de seu padroeiro, São Sebastião. Mais uma data festiva, mais um aniversário do Cacique de Ramos e muitos motivos para comemorar.

Veja mais fotos!!!