MAIS UM PREMIO PARA O CACIQUE DE RAMOS

Ao todo, são 54 indicações, distribuídas em 18 categorias. Este ano, três novas categorias foram adicionadas: Design, Festas Folclóricas e Arquitetura. Algumas receberam modificações: no lugar de Comunicação, agora existe a categoria Novas Mídias, e Música Erudita passou para Música Clássica. A categoria Registro cresceu e virou Registro e Memória. Os vencedores em cada categoria serão conhecidos em cerimônia marcada para o dia 29 de junho, no Theatro Municipal.

Em sua segunda edição, o prêmio tem como inspiração as palavras do poema de Fernando Pessoa: “Navegar é Preciso”: navegar na variada cultura fluminense, assim como na riqueza do que se encontra na grande rede da internet.
E a cerimônia de premiação – que será apresentada por Lúcio Mauro Filho – incluirá homenagens a Nelson Cavaquinho, Assis Valente, o Cacique de Ramos, Adelaide Chiozzo e Ferreira Gullar.

 

Sobre o prêmio

Em 2010, a Secretaria de Cultura e o Conselho Estadual de Cultura (CEC) decidiram unificar três prêmios – Golfinho de Ouro, Estácio de Sá e Governo do Rio de Janeiro – e criar o Prêmio de Cultura do Estado do Rio de Janeiro. Quinze categorias, de cultura a moda e gastronomia, foram contempladas naquela primeira edição.

Cerca de cinco mil indicações foram feitas para o prêmio deste ano, por intermédio do portal Cultura.rj (www.cultura.rj.gov.br), e, a partir delas, uma comissão formada por representantes da Secretaria e do CEC selecionou três opções para cada modalidade. Numa etapa seguinte, escolherá os vencedores em cada categoria, que serão anunciados somente no dia da premiação

Site Tititi do Samba – http://www.tititidosamba.com.br/site.php?modulo=noticias&codigo=3386

 

Publicação 13/06/2011