54 Anos de Samba
54 Anos de Samba
54 Anos de Samba
54 Anos de Samba

Cacique de Ramos, Sonho de muitos, Realidade de poucos!

  
  
  • b_feijoada.jpg
  • rodadesamba2.jpg

Select Your Language:

Faça seu Login

Quem está On line

Temos 66 visitantes e Nenhum membro online

Galeria de Fotos

ADMINISTRADORES

“Mulatas que não estão no mapa” se divertem no Doce Refúgio. Bira Presidente e Ubirany do Grupo Fundo de Quintal foram os anfitriões.

Direto dos   palcos de shows do maior espetáculo da Terra, Tuane Rocha, Carmem Mondego, Agabeli Oliveira e Michelle Vilaça,  beldades que viajam o mundo inteiro em espetáculos de samba e carnaval visitaram a roda de samba do Cacique de Ramos e fizeram a festa ao lado dos ícones Bira Presidente e Ubirany do Grupo Fundo de Quintal.

Em noite de casa lotada e inúmeros artistas do samba, personalidades como, Nilcemar Nogueira, neta de Zica e Cartola e líder do Centro Cultural Cartola, o vice-presidente da Associação Cultural dos Diretores de Harmonia do Brasil, Wilson Nicola, além da Diretoria do Renascença Clube representada pelos diretores Paulão e Pacheco estiveram  presente .

 Conhecido por revelar lindas mulheres desde os tempos de Marina Montinni o Cacique de Ramos mostra ao mundo as belezas do carnaval, e nos dias atuais não é diferente. Dezenas de  musas do carnaval frequentam e se divertem  na casa que agrega os valores da cultura do samba há 54 anos.

Bira Presidente ao lado de sua Diretoria de Ouro mantém a tradição, desde a melhor roda de samba da Cidade à frequência da elite e do povo do samba com simpatia e excelente receptividade.

No palco iluminado do Templo Sagrado do Samba que mostra ao mundo artistas de singular talento e expressão marcaram presença neste domingo (24): Gabrielzinho do Irajá, Ribeirinho, Caixa D’água da Portela e Janaina Reis, de Belém do Pará, além de muitos outros símbolos da musica popular que representam o samba de Raiz e o Partido Alto.

Mais fotos!

41ª feijoada lacrou portões com o Grupo Revelação

Consagrando mais um evento que reúne samba e gastronomia, o Cacique de Ramos comandado pela lenda viva do samba, Bira Presidente recebeu o Grupo Revelação em sua 41ª feijoada, realizada no ultimo domingo 17/05. A programação que acontece ao terceiro domingo de cada mês agracia personalidades, cantores e compositores com a Comenda Cacique de Ramos, maior titulo oferecido pela Tribo do Samba.

 Dezenas de fãs do Cacique de Ramos e do Revelação disputaram os melhores lugares logo no inicio do evento para apreciar a homenagem feita por Bira Presidente e sua Diretoria de Ouro aos músicos do grupo que atualmente tem como vocalista, Almirzinho, filho do também Caciqueano, Almir Guineto. Emocionados, os integrantes do Grupo Revelação se uniram a Roda de Samba que já animava o publico com o Grupo Quinteto Cacique, e  entraram em cena cantando seus maiores sucessos levando o publico ao delírio.

A festa contou também com o Grupo Voz Ativa, e  ainda Chiquinho Virgula, Caixa D’Água presidente da ala de compositores da Portela, Valsambista, Alexandre D’Mendes e Ricardo Moreno.

Simpatia e samba no pé foram garantidos com a presença sempre especial das beldades da Tribo. Mirian Duarte, rainha do carnaval 2014 e 2015 e a princesa Carola Oliveira deram um show a parte ao som dos homenageados. A musa Monica Rocha curtiu ao lado da Diretoria de Ouro que também aproveitou ao máximo a noite gloriosa do Cacique de Ramos. Como de costume, as Alas Reunidas do bloco comemoraram com esfuziante alegria, mais uma feijoada de sucesso.

Veja mais fotos!

Dia das Mães no Cacique de Ramos teve homenagens e presentes

roda 10 05 2015 2

A data especial comemorada no segundo domingo do mês  foi totalmente dedicada às matriarcas sambistas.

Um domingo muito peculiar foi contemplado no Doce Refúgio, onde famílias inteiras participaram da Roda de Samba de Raiz e Partido Alto e festejaram o Dia das Mães.

Bira Presidente fez as honras da bela homenagem preparada  com carinho pela Diretoria de Ouro. O Cacique Maior além de relembrar a matriarca da família Félix do Nascimento, D. Conceição. Ainda parabenizou a todas as mães presente.

Também foi homenageada, D. Esmerilda, mãe do saudoso Luiz Carlos da Vila, que, sobretudo foi amiga de D. Conceição e acumula o título de Madrinha da Feijoada do Cacique de Ramos, que terá  sua próxima edição no próximo domingo e a participação do Grupo Revelação.

Outra matriarca da grande família do Cacique de Ramos, D. Martha, esposa do vice-presidente Waltinho recebeu flores e muito carinho da Diretoria de Ouro, que ainda reuniu outras personalidades da Tribo para festejar com bolos, doces e salgadinhos, este dia tão notável.

Mães visitantes também foram agraciadas com o sorteio promovido durante o segundo intervalo do Grupo Quinteto Cacique onde a felizarda, Maria de Lourdes, da caravana de Pernambuco ganhou uma panela elétrica para preparar arroz com facilidade e  modernidade.

A Roda de Samba foi ainda mais especial com a participação de Caixa D’Água da presidente da ala de compositores da Portela, Chacal do Sax e Junior Itaguaí.

Veja Mais fotos!

Fotos Márcio Lopes & Michelle Beff

Texto: Nayra Cezari

OS ENCANTOS DA TRIBO DO SAMBA EM NOITE DE LUA CHEIA

No primeiro domingo do mês de Maio (03), em mais uma tarde/noite de ilustres sambistas promovida no Templo Sagrado do Samba, reinou a simpatia dos cariocas na recepção as dezenas de turistas  que lotaram a Roda de Samba de alegria sob o comando magistral do expert Bira Presidente,  e produzida pela Diretoria de Ouro do Bloco que é Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro.

Turistas de todo o mundo têm procurado o Cacique de Ramos para viver a irresistível experiência de curtir a  Roda de Samba do Doce Refúgio. Argentinos, peruanos e brasileiros se misturaram na sinergia do samba autêntico, de raiz  e com a identidade do Partido Alto no compasso do grupo Quinteto Cacique e a singular participação dos ícones do samba:Zé Roberto do Quintal do Pagodinho, Thiago Soares, ex Grupo Bom Gosto, Marcelo Guimarães, Ribeirinho, Caixa D’Água, presidente da Ala de Compositores da Portela, Alexandre D’Mendes, Ivan Millanez e Henrique Fubba.  

Com graça e beleza  as joias e as alas caciqueanas encantaram o publico. Beldades como a rainha  e a princesa do carnaval do Cacique de Ramos, Miriam Duarte e Carola Oliveira, acompanhadas das musas Monica Rocha e,  Clara Paixão que ainda  acumula o titulo de rainha do carnaval carioca 2015, demonstraram porque são os destaques da tribo.

Em noite de lua cheia  e ao som dos clássicos sambas, os amantes da arte popular se deleitaram levando consigo  para os cantos do mundo a aura cintilante do Cacique de Ramos, alegria do povo em 54 anos de vida, lindas histórias e muito samba.

Fotos Márcio Lopes & Michelle Beff

Texto: Nayra Cezari

Mais fotos em breve!

"Lá, do Samba, é alta a bandeira...."

Sim, é da Roda do Samba do Cacique de Ramos do domingo 26/04/2015 que estamos trazendo notícias e imagens da Festa do Samba Verdadeiro no Doce Refúgio.

Mais uma vez, Sambistas de várias regiões do País, além da Família Caciqueana que comparece em massa.

A nossa tradicional agremiação G.R.Cacique de Ramos com seus 54 anos de Carnaval e Samba é fruto da garra e pujança do Grande Líder Bira Presidente e a Diretoria de Ouro mantém essa mesma característica do Cacique Maior, que reconhece no grupo um seguimento da sua vida e luta em prol do Samba.

Fomos agraciados com a presença da amiga Simone Drumond, filha de Luiz Drumond da Imperatriz Leopoldinense, acompanhada de familiares, amigos e alguns diretores da Verde e Branco de Ramos.

A parte musical foi um grande sucesso, com a sempre elogiada participação do Grupo Quinteto Cacique, uma das crias do Cacique.

Tivemos a participação também dos Sambistas cantores Caixa Dágua da Portela, Alexandre D'Mendes, Alex do Quilombo de Irajá, Luciano Bom Cabelo, Tico do Gato, que cantaram Sambas de verdade e encantaram a todos os presentes.

E no próximo domingo, dia 03/05/15, tem Samba no Cacique a partir de 17 hs. O SHOW TEM CONTINUAR!

Veja mais fotos!

Tradição, Emoção e muito Samba para festejar o Dia do Índio na Tribo do Samba.

Tribo Fulni-ô,  Fábio Júdice e Noca da Portela  receberam o título principal do bloco, a Comenda Cacique de Ramos 2015

Homenagens memoráveis marcaram a feijoada do Cacique de Ramos neste domingo 19. Em dia de comemorações ao dia do Índio, o  Cacique de Ramos recebeu a Tribo Fulni-ô pelo terceiro ano consecutivo.  Presente com seus cocares e pinturas que atraíram os olhares e ganhou a admiração das inúmeras caravanas que lotaram a sede do Doce Refúgio desde o inicio da tarde. A tribo originária de Águas Belas, Pernambuco, foi presenteada com a Comenda Cacique de Ramos 2015, e  inebriou o povo do samba com cânticos e louvação aos ancestrais entoados em sua língua nativa, o yathê, identidade cultural dos Fulni-ô. Em bom português, os amigos da Tribo Fulni-ô também saudaram Bira Presidente, sua Diretoria de Ouro e,  as Alas do bloco que representam com dignidade e beleza os índios brasileiros no carnaval carioca.
 
Os grupos: Voz Ativa e Quinteto Cacique  comandaram a Roda de Samba de Raiz e Partido Alto com maestria. Talentos como: Luiz Claudio Picolé, Pedrinho da Flor, Cesar Veneno e o vocalista do Grupo Boêmia Carioca, Gustavo Conde também se apresentaram no Templo Sagrado do Samba.
 
 Bira Presidente fez discurso vibrante e muito emocionado para exaltar ainda mais a presença dos homenageados do dia.  O Cacique Maior teve  ainda a companhia de seus irmãos  Ubiracy e Ubirany ao lado de Karla Marcelly, sua filha primogênita que liderou a comitiva da família Felix do Nascimento, na tarde/noite de muitas alegrias.
 
A simplicidade  e simpatia contagiante do jornalista Fabio Júdice transformou a homenagem a ele oferecida pelo Cacique de Ramos, em  confraternização da família caciqueana. Acompanhado de grandes amigos de infância, da televisão, e do teatro, além de seus familiares, Judice se declarou um “caciqueano apaixonado” e que mais uma vez estará presente no desfile do bloco, em 2016.
 
Completando 62 anos de carreira,  a lenda viva Noca, do Cacique e da Portela, protagonizou um dos momentos mais emblemáticos da festa. Recebido no palco por Bira Presidente e sua Diretoria de Ouro, o compositor, cantor  e Baluarte da Portela  demonstrou todo seu amor ao bloco que participa desde a fundação, na década de 60. 

Noca teve a companhia  de sua filha Solange e do neto Diogão, entre outros familiares e amigos de longa data.

Também da Portela o compositor e cantor Wanderley Monteiro participou da esfuziante apresentação de Noca para deleite dos portelenses que marcaram presença maciça.  Outro caciqueano das antigas, o cantor e compositor Roberto Serrão,  parceiro do homenageado, abrilhantou o momento especial.

Uma festa linda a altura dos homenageados e do público que prestigia a cada domingo o Cacique de Ramos.

Veja mais fotos!

Fotos Márcio Lopes, Michelle Beff & Gisele Mendes

Texto: Nayra Cezari