Cacique de Ramos, Sonho de muitos, Realidade de poucos!

  
  
  • Feioada
  • Roda de Samba

Select Your Language:

Galeria de Fotos

Faça seu Login

Quem está On line

Temos 334 visitantes e Nenhum membro online

ADMINISTRADORES

  • Natal 2014

Dudu Nobre e família serão homenageados na feijoada de Fim de Ano do Cacique de Ramos

Neste domingo (21), a partir das 13h, Bira Presidente e a sua Tribo do Samba homenagearão a Família Nobre na Feijoada de Fim de Ano. Prato “nobre” dos sambistas, a suculenta feijoada será servida ao som do Grupo Voz Ativa,   na abertura do evento organizado pela Diretoria de Ouro do bloco.  



Foto: Marcio Lopes

Nesta edição especial de Fim de Ano, a Família Caciqueana prestará homenagens ao cantor  e  compositor, Dudu Nobre e a sua família, onde esposa, irmã e a mãe do cantor também serão agraciadas. A  família Nobre tem estreitos laços de amizade com Bira Presidente, que tem Anita Nobre, mãe de Dudu e Lucinha, como amiga de longa data.  Crias do bloco, os irmão Nobre, Dudu e a porta bandeira da  Mocidade Independente de Padre Miguel, Lucinha, cresceram a sombra das Tamarineiras.

A tradicional  Roda de Samba do Cacique de Ramos irá receber os “Nobres” homenageados com Samba de Raiz e Partido Alto, especialidade da casa. O evento que encerra o ciclo de feijoadas da tribo neste ano de 2014, contará com todos os segmentos do Cacique de Ramos,  que irão prestigiar Dudu Nobre e sua família,  além das participações especiais dos cantores e compositores do samba.

A quadra do Cacique de Ramos  fica na Rua Uranos, 1326 em  Olaria -  Entrada Franca e Classificação Livre.

Feijoada de Fim de Ano do Cacique de Ramos  – Homenagem à Dudu Nobre e família

Programação: 13 h - Grupo Voz Ativa / 17 às 23:30h - Roda de Samba com  Quinteto Cacique

Data: 21 de dezembro de 2014

Local: Quadra do G.R. Cacique de Ramos.

Endereço: Rua Uranos, 1326 – Olaria.

Mesas a R$. 10,00

FEIJOADA – R$. 15,00 (o prato)

Entrada Franca

Roda de Samba e Apresentação das Camisetas e Fantasias do Cacique de Ramos - Carnaval 2015

Bira Presidente e sua Diretoria de Ouro do Cacique de Ramos  apresentarão neste domingo (07),  as  Camisetas do Carnaval 2015. O evento que será regado ao melhor do Samba de Raiz e do Partido Alto contará ainda com a participação de integrantes da  Bateria e  terá também a apresentação das Fantasias das Alas  tradicionais do bloco com belos trajes indígenas,  já estarão disponíveis para os foliões interessados em desfilar com a Tribo do Samba.

 
Foto: Marcio Lopes

Em mais um ano de grandes conquistas no Templo Sagrado do Samba, Bira Presidente exalta o trabalho desenvolvido por sua Diretoria de Ouro e aposta no sucesso de mais um tema proposto por seu afilhado, o carnavalesco André Cezari,  que mostrará os 54 anos do Cacique de Ramos nos 450 anos do Rio de Janeiro, traduzindo a campanha da prefeitura da Cidade Maravilhosa com os personagens do próprio  Cacique de Ramos. A logomarca comemorativa para este carnaval da família caciqueana também incorpora a logomarca Rio 450, em uma junção com a tradicional esfinge do Cacique de Ramos. André Cezari é responsável pela criação do tema da logomarca comemorativa, das camisas: EU SOU CACIQUE; CURA RESSACA; BATERIA; DIRETORIA e CURUMIM (ala mirim), além da alegoria que transporta  a corte do carnaval do Cacique de Ramos, tudo isto com a aprovação da Diretoria que trata da execução do projeto sob o aval do líder Bira Presidente.
Cobiçadas por sambistas do Brasil inteiro, as camisetas do Cacique de Ramos e também as fantasias criadas pelas ALAS estarão à venda  na sede do bloco, todos os dias em horário comercial  até os dias de desfile.
Os que deixarem para última hora poderão adquirir as camisetas nos dias de desfile na concentração do bloco no Centro do Rio de Janeiro, com o Diretor Antonio Onça.
 
A Roda de Samba começa às das 17h com o grupo  Quinteto Cacique. A quadra do Cacique de Ramos fica na Rua Uranos, 1326 – Olaria.  Entrada franca.

Roda de Samba e Apresentação das Camisetas e Fantasias do Cacique de Ramos - Carnaval 2015

Data: 07 de Dezembro de 2014 - DOMINGO
Horário:17h
Local: Quadra do G.R. Cacique de Ramos.
Endereço: Rua Uranos, 1326 – Olaria.
Mesas a R$. 10,00
Entrada Franca

Trem do Samba 2014: Cacique de Ramos se apresenta na Central do Brasil

A 19ª edição do Trem do Samba homenageia a grande Dama do Samba – D. Ivone Lara e o  Cacique de Ramos de Bira Presidente, que se orgulha em fazer parte de todas as edições do evento sobre trilhos que tem à frente Marquynhos de Oswaldo Cruz, no próximo sábado, 06 de Dezembro de 2014  participará com sua Roda de Samba no ponto de partida dos sambistas, na Central do Brasil.
A única participação do Cacique de Ramos será no palco Acreditar, montado na Central do Brasil, local de embarque dos passageiros sambistas, a partir das 17h,    além de apresentar os clássicos hinos do Cacique de Ramos, os músicos criados à sombra das Tamarineiras também acompanharam diversos artistas  como: Baianinho, Bruno Maia, Cesar Veneno, Marquinhos Sathan, Sapato, Dunga, Ernesto Pires, Nem da Doca e Osmar do Breque.
Comandado por Bira Presidente e sua Diretoria de Ouro,  o Cacique de Ramos,   Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro é reconhecido e admirado por propagar e difundir a cultura do samba. Presente seja nos palcos ou nos vagões do  samba, nas composições que partem da Central do Brasil até a Estação de Oswaldo Cruz, a  família caciqueana participa do evento desde sua criação colaborando sempre para o sucesso do projeto idealizado pelo amigo Marquynhos de Oswaldo Cruz.

Clube do Samba prestou homenagens a Bira Presidente e ao Cacique de Ramos

Berço do Clube do Samba, o bairro do Meier que abriga o Imperator-Centro Cultural João Nogueira, recebeu na noite do ultimo domingo  (30/11), representantes da Diretoria de Ouro, Ronaldo Felipe e Nayra Cezari, que foram acompanhados de  Miriam Duarte,  Rainha do Carnaval do Cacique de Ramos para prestar uma linda homenagem à Bira Presidente,  ao Cacique de Ramos e seus frutos.

No telão, foram exibidas imagens de todos os tempos do Cacique de Ramos, transmitindo ao público uma aura de gratidão e reconhecimento, deixando a Tribo do Samba lisonjeada.

Com a sensibilidade de Didu Nogueira, caciqueano desde os tempos do próprio João Nogueira, seu tio, e sob a produção de Paulo Cesar Feital, o show contou com clássicos do bloco que foram interpretados com extrema competência pelo próprio Didu Nogueira, servido de um seleto naipe de músicos do Grupo Opinião, que fez as honras do evento. Marcelle Mota relembrou também grandes sucessos de Luiz Carlos da Vila, Jorge Aragão, Arlindo Cruz, entre outros mestres da musica brasileira que tiveram origem sob as bênçãos das Tamarineiras.  Noca, da Portela e do Cacique de Ramos, compositor de um dos maiores sucessos do bloco, reafirmou o orgulho de fazer parte da família caciqueana, encantou a todos e se emocionou ao cantar com seus netos para a Tribo do Samba. Para fechar com chave de ouro, o cantor, compositor e musico: Sombrinha, caciqueano e ex  integrante do Grupo Fundo de Quintal se apresentou brilhantemente e ainda participou da solenidade que foi conduzida por Didu e Ângela Nogueira, viúva do saudoso mestre João Nogueira, e que está a frente do projeto que revitaliza o Clube do Samba e engrandece a obra do próprio João.

De volta a sede do Templo Sagrado do Samba a comitiva caciqueana se juntou aos demais membros da Diretoria de Ouro, e diante do enorme  publico que mais uma vez lotou o Cacique de Ramos, a placa oferecida como marco desta homenagem foi exposta com honras e glórias que merece.

A Roda de Samba tradicional do Cacique de Ramos recebeu inúmeros convidados entre eles, os cantores: Leandro D'Menor, Andre do Samba do Xoxó, César Veneno, Valcir Oliveira do Grupo Referencia.

Veja mais fotos!

Cacique de Ramos a cada dia mais a Essência do Samba

 

A Tribo do Samba, do alto de seus quase 54 anos de história, cultura e carnaval  continua  sendo  referencia  e vitrine para  os sambistas. Artistas da Musica Popular Brasileira, do Samba de Raiz e do Partido Alto.

 A cada dia, mais especial e importante para a cena musical, o Cacique de Ramos, berço do samba autentico,  que revelou grandes artistas, têm em seu legado nomes consagrados e jovens promissores, e  continua a missão de levantar a bandeira do samba.

Prova disto foi o ultimo domingo (16), diante de um público exigente e muito animado, o Doce Refúgio serviu sua saborosa feijoada, acompanhada de um dos grupos  da nova geração de músicos  que detém o brevê do Cacique de Ramos, o Grupo Voz Ativa. Com repertório variado, excelente qualidade vocal e harmônica, o Voz Ativa teve ainda a honra de acompanhar, o mestre Almir Guineto, o sambista completo. Cria do bloco e ex-integrante do Grupo Fundo de Quintal, não deixa  de lado seu vinculo com a Tribo de Bira Presidente e, exalta a força e perseverança do Cacique Maior.

Em seguida, foi à vez de Nuno Bastos, cantor português em turnê pelo Brasil. Dono de uma  voz marcante e, sobretudo excelente intérprete do bom samba de raiz, assim como as belas vozes de Micheline Cardoso e  Luana Mahara, que também se apresentaram.

Enquanto as inúmeras caravanas de todas as partes do Brasil se divertiam na sede do bloco, a Roda de Samba tradicional já se preparava para começar ao som do Grupo Quinteto Cacique. Prata da casa, em sua formação atual já conquistou espaço e respeito, e vem galgando o sucesso, com o excelente trabalho desenvolvido em prol da cultura do samba e do Partido Alto, são exemplos da grande renovação do Cacique de Ramos.

Como a tarde/noite no Cacique de Ramos   estava reservada a homenagem ao cantor Marquynhos Sensação, toda a Diretoria de Ouro, ao lado de Bira Presidente, recebeu o cantor com honras e a ele foi entregue o diploma “Seja Sambista Também”, instituído na criação do Centro de Memória Domingos Félix  do Nascimento, onde se retrata toda história da Tribo do Samba. Emocionado, Marquynhos relembrou sua primeira passagem no Templo Sagrado do Samba, quando ainda integrava o grupo de samba paulista que traz em seu nome artístico, o Grupo Sensação, e cantou vários sucessos consagrados que ganharam o coro do publico presente.

A Roda de Samba contou ainda com a presença de outros artistas do gênero, como: Kleber Augusto ex Grupo Fundo de Quintal, Ricardo Moreno, Caixa D’água da Portela,  Alexandre D’Mendes, Mariano Maia,  Luciano Bom Cabelo. Além das Divas do samba: Flavia Saolli, Margarete Mendes e Gaby Moura.

Para fechar o evento com chave de ouro, Bira Presidente teve a honra de apresentar a coroa e a faixa da nova majestade da folia carioca e musa do Cacique de Ramos, Clara Paixão, que acompanhada por  Wilson Neto reeleito no cargo de Rei Momo da Cidade Maravilhosa no concurso promovido pela Riotur para o carnaval 2015, receberam os cumprimentos da família caciqueana, com muito samba no pé sob o olhar atento do ator Ailton Graça, das comitivas do Salgueiro, da Beija-flor de Nilópolis, representantes da Portela, e da Associação das Velhas Guardas do Samba de São Paulo, que aproveitaram a ocasião para prestar homenagens à Bira Presidente e ao Cacique de Ramos.

O Templo Sagrado do Samba não por acaso se tornou Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro, e tampouco a maior referencia do cenário musical que resiste há quase 54 anos, mas sim por  mostrar e provar que é lá debaixo das Tamarineiras que reside a Essência do Samba.

Vejam mais fotos!

Facebook do Presidente

Visite a página do Presidente

e de um curtir

 

Enquete desfile 2015

Desfile de 2015 - Com a Rio Branco fechada, o Cacique e terá que desfilar em outro lugar. Qual é a melhor alternativa?

Utilidade Pública

Eventos Oficiais