Cacique de Ramos é só felicidade

E no último domingo, 22/05, dando sequência as domingueiras Caciqueanas, o templo sagrado recebeu um grande público, com pessoas de todos os cantos do Brasil. Quem marcou presença e até deu uma canja na marcação do Quinteto Cacique, foi Ademir “Batera” do Grupo Fundo de Quintal. Ele era Só Felicidade. No meio da noite, com o samba em altíssimo astral, subiram ao palco os cantores: Barbeirinho do Jacarezinho, Anderson Ribeiro,  Ribeirinho e Chiquinho Vírgula, que relembraram grandes composições da MPB.

Para não perder a tradição, o Cacique Maior Bira Presidente, convocou a diretoria de ouro para o centro da quadra. Desta vez, ele prestou homenagem ao departamento feminino do C.R., elogiando o trabalho desenvolvido pelas mulheres do Doce Refúgio.

“Eu queria chamar os destaques do Cacique. Rainhas, princesas, musas.
Esta é a parte feminina. Sem essas pessoas jamais poderia construir, o que consegui nesta casa. São 55 anos de história e de movimento cultural”, afirmou Bira Presidente.

Grupo Fundo de Quintal recebe Arlindo Cruz

Dando continuidade aos sucessos das quartas-feiras Nobres, pelas quais já passaram: Zeca Pagodinho, Beth Carvalho e Jorge Aragão, o Cacique de Ramos e o Grupo Fundo de Quintal vão receber, desta vez, em sua sede, o cantor e compositor Arlindo Cruz. O evento tem a essência de resgatar as velhas e saudosas rodas de samba da Tribo do Samba.

As vendas, já estão no terceiro lote, a R$ 25,00 cada ingresso. Haverá venda no dia. As entradas também podem ser adquiridas nas lojas South, Banco de Areia, Maha Man, Casa do Atleta e 021 Turismo, pelo site:
www.ingressomais.com.br, ou na quadra do Cacique de Ramos, entre às 14h e às 19h, na Rua Uranos, nº. 1326, em Olaria.

Veja mais fotos!