56 Anos de Samba

Cacique de Ramos, Sonho de muitos, Realidade de poucos!

  
  

Galeria de Fotos

Quem está On line

Temos 174 visitantes e Nenhum membro online

Faça seu Login

Select Your Language:

ADMINISTRADORES

  • Força Arlindo

Cacique de Ramos, o celeiro de bambas

Com a história contada e cantada em suas tradições, o Cacique de Ramos vem emoldurando, a cada domingo, as suas rodas de samba com a responsabilidade de manter a cultura por suas ideologias, fazendo com que o gênero “Samba” seja aquecido e defendido por diversas gerações de Sambistas.

Nesse domingo, 22/07, o Doce Refúgio recebeu os convidados Peter & Nat e o veterano Marquinhos de Oswaldo Cruz. Peter & Nat fazem parte de uma nova geração de músicos da Música Popular Brasileira. Ele, Peter Marques, é voz e violão e Ela, Nathane Telles, voz e percussão.

Os cantores, com essa combinação de vozes que ecoam notas musicais e exalam a vontade de brilhar e alçar grandes voos, estão participando do quadro do programa do Raul Gil, “Quem Sabe Canta 2017”, - foram aprovados por Bira Presidente, que denominou a apresentação deles no palco do Cacique de o “verdadeiro desafio e teste para a vida musical”.

Símbolo de tradição, o músico, poeta, cantor, compositor, escritor, sambista, produtor cultural, Marcos Sampaio de Alcântara, conhecido como, Marquinhos de Oswaldo Cruz, iniciou sua vida musical ao lado de renomados sambistas, como Argemiro, Monarco, Alberto Lonato, Jair do Cavaquinho, Casquinha, Tia Doca e Manaceia.

Em sua trajetória musical, coleciona três trabalhos - 'Herança do Samba', 'Memórias de Minha Alma' e 'Uma Geografia Popular' - que reúnem composições próprias e parcerias, com obras já cantadas por Beth Carvalho, Paulinho Mocidade, Grupo Raça, Grupo Pirraça, entre outros artistas.

Como um grande militante do samba, o cantor é Idealizador de duas importantes iniciativas culturais populares e bem-sucedidas que integram o calendário oficial da cidade do Rio de Janeiro: o “Trem do Samba” e a “Feira das Yabás”, - dois vultosos eventos reconhecidos no cenário Nacional e Internacional.

No palco do Cacique, cantando clássicos, não fez diferente do que o esperado de um grande porta-voz do gênero. Com responsabilidade, conduziu a roda com o Grupo Quinteto Cacique com maestria e competência, digno de elogios do Cacique Maior, Bira Presidente, destacou a filosofia da entidade: a manutenção do Samba.

Destacamos, também, a presença e a participação com aquela “canja” temperadíssima do trio feminino das cantoras, Joana Nascimento, Leda Maranhão e da Argentina Alê Maria, além do integrante do Grupo Galocantô Lula Mattos e do integrante do Grupo Fundo de Quintal, Marcio Alexandre

Veja mais fotos!

FacebookTwitterGoogle Bookmarks

Calendário 2017


OUTUBRO


Dia 22

17h as 23:30h

Entrada Franca


Dia 29

17h as 23:30h

Entrada Franca


Facebook do Presidente

Visite a página do Presidente

e de um curtir

 

Utilidade Pública

Info sobre Eventos Oficiais

ASCOM Cacique de Ramos

21 98543-3821

E-mail: ascom@caciquederamos.com.br